terça-feira, 14 de março de 2017

Terça-Feira da 2ª semana da Quaresma

A estação de hoje reunia-se no santuário de Santa Balbina, virgem romana, que viveu no século II e era filha de São Quirino.

O Evangelho condena a atitude dos fariseus, que se valiam da lei de Moisés pra se por orgulharem e carregarem os outros com preceitos que eles mesmos não podiam cumprir.

A Epístola mostra-nos Elias indo pedir de comer a uma pagã de Sarepta, porque a seca tinha desolado as colheitas de Israel impenitente. Esta mulher pega em dois bocados de madeira, símbolo da cruz do Salvador, e prepara um pão para profeta Elias e para ela, recebendo com usura a recompensa da sua caridade, porque nunca mais lhe faltou pão na massadeira. E deste modo enquanto os judeus padecem de fome, porque rejeitaram a graça de Cristo, os gentios receberam o pão da doutrina cristã e da carne do Senhor, que lhes asseguraram os frutos da redenção.

Epístola

Leitura do Livro dos I Reis (17, 8-16) Naqueles dias: Disse o  Senhor a Elias disse-lhe: Vai para Sarepta de Sidon e fixa-te ali: ordenei a uma viúva desse lugar que te sustente. Elias pôs-se a caminho para Sarepta. Chegando à porta da cidade, viu uma viúva que ajuntava lenha. Chamou-a e disse-lhe: Por favor, vai buscar-me um pouco de água numa vasilha para que eu beba. E indo ela buscar-lhe a água, gritou-lhe Elias: Traze-me também um pedaço de pão. Pela vida de Deus, respondeu a mulher, não tenho pão cozido: só tenho um punhado de farinha na panela e um pouco de óleo na ânfora; estava justamente apanhando dois pedaços de lenha para preparar esse resto para mim e meu filho, a fim de o comermos, e depois morrermos. Elias replicou: Não temas; volta e faze como disseste; mas prepara-me antes com isso um pãozinho, e traze-mo; depois prepararás o resto para ti e teu filho. Porque eis o que diz o Senhor, Deus de Israel: a farinha que está na panela não se acabará, e a ânfora de azeite não se esvaziará, até o dia em que o Senhor fizer chover sobre a face da terra. A mulher foi e fez o que disse Elias. Durante muito tempo ela teve o que comer, e a sua casa, e Elias. A farinha não se acabou na panela nem se esgotou o óleo da ânfora, como o Senhor o tinha dito pela boca de Elias.



Evangelho do dia:

Leitura do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (23, 1-12) : Naquele tempo, Dirigindo-se, então, Jesus à multidão e aos seus discípulos,disse: Os escribas e os fariseus sentaram-se na cadeira de Moisés. Observai e fazei tudo o que eles dizem, mas não façais como eles, pois dizem e não fazem. Atam fardos pesados e esmagadores e com eles sobrecarregam os ombros dos homens, mas não querem movê-los sequer com o dedo. Fazem todas as suas ações para serem vistos pelos homens, por isso trazem largas faixas e longas franjas nos seus mantos. Gostam dos primeiros lugares nos banquetes e das primeiras cadeiras nas sinagogas. Gostam de ser saudados nas praças públicas e de ser chamados rabi pelos homens. Mas vós não vos façais chamar rabi, porque um só é o vosso preceptor, e vós sois todos irmãos. E a ninguém chameis de pai sobre a terra, porque um só é vosso Pai, aquele que está nos céus. Nem vos façais chamar de mestres, porque só tendes um Mestre, o Cristo. O maior dentre vós será vosso servo.  Aquele que se exaltar será humilhado, e aquele que se humilhar será exaltado. Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Vós fechais aos homens o Reino dos céus.

* As leituras são retiradas do site "Bíblia Católica Online"


Lefebvre, Dom Gaspar. Missal Quotidiano e Vesperal. Bruges, Bélgica; Abadia de S. André, 1960.

Nenhum comentário: