Postagens

DOMINGO DE PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO DO SENHOR - SOLENIDADE DAS SOLENIDADES (Oitava da Páscoa)

Exatamente como o Natal, é em Santa Maria Maior em que se faz a estação desta festa, a maior de todo o ano. A Igreja não separa nunca Jesus de Maria e glorifica com a mesma apoteose o Filho e a Mãe. Jesus Rescuscitado se dirige em primeiro lugar ao Pai, em homenagem de sujeição incondicional, enquanto a Igreja, por seu lado, levanta a Deus um hino de sentido reconhecimento e lhe suplica que venha em socorro dos filhos que lutam contra o mundo o demônio e a carne, a caminho da nova pátria do Céus. Mas para isto é necessário comer o cordeiro com os Ázimos da virtude, duma vida santa e impoluta. O Evangelho apresenta-nos as santas mulheres correndo ao sepulcro para ungir com o nosso amor e a nossa fidelidade à virtude o coração do mestre, não morto, porque é imortal, mas alanceado, dilacerado pelos crimes do nosso tempo e, possivelmente, da nossa má conduta.

Epitola do dia

Leitura da Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios Naqueles dias (1Cor 5,7-8): Purificai-vos do velho fermento,…

SÁBADO SANTO - A GRANDE VIGÍLIA PASCAL (TRÍDUO SANTO)

SÁBADO SANTO (TRÍDUO SANTO)

00h - JESUS É PRESO...