15 de Janeiro - São Paulo, o Eremita





Nasceu no Egito, na baixa Tebaida. Distinguia-se por seu conhecimento do grego e da cultura egípcia. Era bondoso, modesto e temeroso de Deus. A cruel perseguição de Décio perturbou a paz da Igreja no ano 250 provocando a fuga de Paulo para o deserto. Habitou em uma caverna, alimentando-se por quarenta anos do fruto de uma palmeira e da água de uma fonte, que estavam perto. Em seguida, foi alimentado milagrosamente pelo pão que um corvo lhe trazia todos os dias. Estando aí, decidiu não voltar jamais para a cidade e orar pela conversão do mundo. Morreu aos noventas anos, sendo enterrado por Santo Antônio, que por uma revelação de Deus, visitou São Paulo dias antes de sua morte.

Fonte: ACI Digital

Comentários