Terça-feira da 1ª semana da Quaresma

Interior da Basílica de Santa Anastácia
A Estação de hoje reunia-se na antiga Igreja do Século IV,  a única paroquial do centro e dos quarteirões mais ricos da cidade. Foi sem dúvida a grande popularidade do culto de Santa Anastácia que nela se venera, que deveu ser escolhida para a estação do Natal e de Hoje. A Epístola nos convida hoje com insistência para que nos voltemos a Deus, escultemos a sua voz e entremos nas suas vistas, para, que deste modo, nos libertarmos da nossa própria pequenez e assim lhe permitirmos realizar aos seus insondáveis desígnios. Esta procura de Deus é para nós igualmente recomendada no Evangelho. Foi o que nos mostrou o Senhor, expulsando do templo os vendilhões. É porque os fariseus não estávam animados deste santo anseio, ficram indeiferentes e cegos diante dos milagres do Salvador e incapazes de reconhecer nele o Filho de Davi e o enviado de Deus.

Epístola:

Leitura do Profeta Isaías: Naqueles dias disse o profeta Isaías: (55, 6-11) Renuncie o malvado a seu comportamento, e o pecador a seus projetos; volte ao Senhor, que dele terá piedade, e a nosso Deus que perdoa generosamente. Pois meus pensamentos não são os vossos, e vosso modo de agir não é o meu, diz o Senhor; mas tanto quanto o céu domina a terra, tanto é superior à vossa a minha conduta e meus pensamentos ultrapassam os vossos. Tal como a chuva e a neve caem do céu e para lá não volvem sem ter regado a terra, sem a ter fecundado, e feito germinar as plantas, sem dar o grão a semear e o pão a comer, assim acontece à palavra que minha boca profere: não volta sem ter produzido seu efeito, sem ter executado minha vontade e cumprido sua missão.
Santa Anastácia

Evangelho do dia:

Continuação do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segunto São Mateus: (21, 10-17): Naquele tempo: Quando ele entrou em Jerusalém, alvoroçou-se toda a cidade, perguntando: Quem é este? A multidão respondia: É Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia. Jesus entrou no templo e expulsou dali todos aqueles que se entregavam ao comércio. Derrubou as mesas dos cambistas e os bancos dos negociantes de pombas, e disse-lhes: Está escrito: Minha casa é uma casa de oração (Is 56,7), mas vós fizestes dela um covil de ladrões (Jr 7,11)! Os cegos e os coxos vieram a ele no templo e ele os curou, com grande indignação dos príncipes dos sacerdotes e dos escribas que assistiam a seus milagres e ouviam os meninos gritar no templo: Hosana ao filho de Davi! Disseram-lhe eles: Ouves o que dizem eles? Perfeitamente, respondeu-lhes Jesus. Nunca lestes estas palavras: Da boca dos meninos e das crianças de peito tirastes o vosso louvor (Sl 8,3)? Depois os deixou e saiu da cidade para hospedar-se em Betânia.



* As leituras são retiradas do site "Bíblia Católica Online"


Lefebvre, Dom Gaspar. Missal Quotidiano e Vesperal. Bruges, Bélgica; Abadia de S. André, 1960.

Comentários