quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

13 DE JANEIRO - COMEMORAÇÃO DO SANTO BATISMO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO








Do antigo ofício que se rezava neste dia e que nos recordava o batismo do Senhor e a manifestação de sua divindade restam-nos hoje somente a oração e o evangelho. O mais é a missa da Epifania. Neste tempo vemos aparecer de novo a figura de João Batista, que desempenhara papel relevante na liturgia do Advento. O Messias que anunciara chegou e começará em breve a vida pública de reparação e redenção do homem caído e arruinado pelo pecado e pelos caminhos de desvio que andava fora da casa paterna. João, que vira o Espírito Santo Descer sobre ele e que tinha ouvido o Pai declará-lo solenemente seu Filho vai, entes de de sumir na penumbra dos cárceres de Herodes  presta-lhe o último testemunho de fé. Vai proclamar diante te de Israel incrédulo que este é aquele que tira o pecado do mundo e batiza no Espírito Santo.

Jesus santificou com o contato de seu corpo santíssimo nas águas do Jordão, para que os de que futuro fossem mergulhados na água do batismo, se santificasse na água e no Espírito Santo (São Gregório de Naz.)

Epístola

Leitura do profeta Isaías (60, 1-6): Eis o que diz o Senhor Deus: Levanta-te, sê radiosa, eis a tua luz! A glória do Senhor se levanta sobre ti. Vê, a noite cobre a terra e a escuridão, os povos, mas sobre ti levanta-se o Senhor, e sua glória te ilumina. As nações se encaminharão à tua luz, e os reis, ao brilho de tua aurora. Levanta os olhos e olha à tua volta: todos se reúnem para vir a ti; teus filhos chegam de longe, e tuas filhas são transportadas à garupa. Essa visão tornar-te-á radiante; teu coração palpitará e se dilatará, porque para ti afluirão as riquezas do mar, e a ti virão os tesouros das nações. Serás invadida por uma multidão de camelos, pelos dromedários de Madiã e de Efá; virão todos de Sabá, trazendo ouro e incenso, e publicando os louvores do Senhor.



Evangelho do dia:

Leitura do Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (1, 29-34): Naquele tempo: No dia seguinte, João viu Jesus que vinha a ele e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. É este de quem eu disse: Depois de mim virá um homem, que me é superior, porque existe antes de mim. Eu não o conhecia, mas, se vim batizar em água, é para que ele se torne conhecido em Israel. (João havia declarado: Vi o Espírito descer do céu em forma de uma pomba e repousar sobre ele.) Eu não o conhecia, mas aquele que me mandou batizar em água disse-me: Sobre quem vires descer e repousar o Espírito, este é quem batiza no Espírito Santo. Eu o vi e dou testemunho de que ele é o Filho de Deus.

 Lefebvre, Dom Gaspar. Missal Quotidiano e Vesperal. Bruges, Bélgica; Abadia de S. André, 1960.

Nenhum comentário: