quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Novena das Almas - 9º e Último Dia



Hoje é dia de todos os Santos. A Igreja celebra com grande alegria a conquista das almas benditas do prêmio de glória. O Cristão deve ter em mente que a morte não se trata do fim último do homem, e o deve fazer crer por fé. Deus pede que sejamos santos como nosso Pai celestial é Santo: "Santificai-vos, e sede santos, porque eu sou o Senhor, vosso Deus"( Lev 20,7); "Dirás a toda a assembléia de Israel o seguinte: sede santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo" (Lev 19,2); Sede santos, porque eu sou santo (Lv 11,44). Devemos buscar a Deus com todo o nosso coração nesta vida, pois ela é única e outra chance não teremos. Deus é misericordioso para com os que são misericordiosos. A morte deve ser encarada como um encontro com Deus, onde deveremos prestar conta de todos os bens que dele recebemos. Não tenhamos medo da morte, já que todos terão que passar por ela. Aos que não aceitam a morte, recomendamos que reflitam no dia de finados sobre o tema, ao invés de fazer outra atividade para fugir. Uma visita aos cemitérios e criptas são uma ótima forma de contemplação da morte, para se buscar a entender que esta está intimamente ligada a vida. Não existe vida sem morte e a morte não existe sem a vida. Entendamos que os túmulos que encontramos nos cemitérios estão cheios de restos de pessoas que viveram como nós, que tiveram seus medos, suas angústias, suas alegrias, gostos; que pisaram neste mesmo chão ao qual pisamos e que agora descansam na visão de Deus. Peçamos a Deus no fim desta novena, que tenhamos no fim de nossa existência terrena, uma santa e piedosa morte; e que estejamos no último minuto de nossas vidas em comunhão com Ele e nossos irmãos. Assim Seja.

Oração: Ó amantíssimo Pai, eu vos ofereço a inocente morte do vosso preciosíssimo filho, e o amor do seu divino coração por toda culpa e pena que eu, o mais miserável dos pecadores, por minhas culpas o mereci; eu vos rogo por todos os meus parentes e amigos, vivos e falecidos, para que com todos useis de misericórdia. Amém.

Pai-Nosso; Ave-maria; Glória-ao-Pai...

Para a Intercessão de São Gregório Papa:



Ó meu Senhor e Deus, Jesus Cristo, que admiravelmente revelastes o mistério de vossa Santíssima Paixão ao vosso bem-aventurado servo São Gregório: peço-vos que a este miserável pecador concedais alcançar aquela perfeita remissão de pecados, que o mesmo vosso venerável pontífice, com abundante autoridade apostólica, liberalmente concedeu a todos que verdadeiramente se arrependessem e meditassem o progresso de vossa admirável paixão. Que vives e reinas por todos os séculos dos séculos. Amém.

Estas orações de São Gregório e Pai-nossos e Ave-marias que tenho rezado, ofereço-vos aos sagrados merecimentos da paixão e morte de meu Senhor, a quem peço mas que receba em desconto e satisfação de minhas culpas e pecados, confirmando o que São Gregório e outros pontífices tem concedido a quem as rezar diante da imagem do mesmo Senhor: e de tudo quanto ganho e minha vontade que Deus Nosso Senhor aplique o que for servido para tirar do purgatório a alma que seja mais que minha obrigação de seu santo serviço, bem e glória. Amém.

Requiem aetérna dona eis, Dómine: Et lux perpétua lúceat eis. Requiescant in Pace. Amém.

Nenhum comentário: