segunda-feira, 11 de junho de 2012

Liturgia Católica II: AS FONTES DA LITURGIA

41. 1. Dos três primeiros séculos não possuímos notícias certas de livros litúrgicos completos. Salva a substância do rito, o liturgo tinha grande liberdade. Certo, porém, é que ao menos algumas orações litúrgicas foram escritas e conservadas já no II século; pois Orígenes menciona orações litúrgicas que provavelmente tirou de escritos litúrgicos.

42. 2. Dos séculos posteriores existem livros litúrgicos: 1) Os sacramentários, que continham os textos sacros para a missa e poucos outros ritos. Os principais são: o Gelasianum (séc. V), o Leonianum (séc. VI), o Gregorianum (séc. VII). 2) Antiphonarium, com os cantos para o côro. 3) Lectionarium, com as lições do Evangelho e das epístolas. 4) Libellus Missce, com o cânon da missa. 5) Mais tarde, desde o século IX, o missale plenum, ao modo do missal moderno. 6) Ordo, livro das rubricas. 7) Psalterium, livro dos salmos.

43: 3. Depois da reforma tridentina o número dos livros litúrgicos aumentou: Missale, Breviarium Romanum, Rituale, Martyrologium, Pontificate Romanum, Ceeremoniale Episcoporum; Memoriale Rituum, no ano de 1625, prescrito. só para Roma, mas por Pio VII (Vermeersch, Ep. iur. can. II, p. 311), no ano de 1825, promulgado para tôda a Igreja; Octavarium, Instructio Clementina para a adoração de 40 horas, Kyriale seu Ordinarium Missa:. (1905), Graduate (1907), Officium pro defunctis (1909), Cantorinus (1911), Antiphonale diurnum (1912), Propria officiorum et missarum alicuius di oecesis, Ordinis seu Congregationis , Religiosm, Collectio Decretorum Sacrm Rituum Congregationis (1911, d. 4266 ad 9).

Fonte: Curso de Liturgia - 2ª Edição - Pe. João Batista Reus, S. J. - Ed Vozes Limitada - Petrópolis - Rj 1944

Nenhum comentário: