domingo, 9 de outubro de 2011

Novena em honra de Nossa Senhora da Conceição Aparecida: 7º dia, a sala dos milagres

Uma das obras que mais chama a atenção dos devotos, realmente é a sala dos milagres. Onde devotos de todo o país deixam lembranças das graças alcançadas. É óbvio que nem todos deixam lembranças, creio que se assim o fizessem todos, não haveria espaço para tantas demonstrações de fé e devoção. Deus opera nos seus santo para demonstrar que sua palavra é viva e verdadeira. Deus acompanha sua Igreja e à acompanhará até os dias finais. Por isso Nossa Senhora ao operar milagres, além de demonstra o imenso poder e bondade do criador, pede que sejamos fiéis aos mandamentos de seu amado Filho. Sejamos fiéis para conquistarmos o prêmio dado aos santos e vencedores, a glória celeste.

Oração: Ó Senhora Aparecida, vós que operais inúmeros milagres sendo um instrumento poderoso nas mãos de Deus, pedi ao Senhor que tende piedade de todos nós. Rogai a Deus para que não olhe nossos pecados, já que, por sermos pecadores nada merecemos. Amém.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória-ao-Pai...

Consagração à Nossa Senhora Aparecida:

Ó Maria Santíssima, que em vossa Imagem milagrosa de Aparecida espalhais inúmeros benefícios sobre o Brasil, eu, embora indigno de pertencer ao número dos vossos servos, mas desejando participar dos benefícios da vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos o entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis. Consagro-vos a língua, para que sempre vos louve e propague a vossa devoção. Consagro-vos o coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas. Recebei-nos, ó Rainha incomparável, no ditoso número dos vossos servos. Acolhei-nos debaixo da vossa proteção. Socorrei-nos em nossas necessidades espirituais e temporais e, sobretudo, na hora da nossa morte. Abençoai-nos, ó Mãe Celestial, e com vossa poderosa intercessão fortalecei-nos em nossa fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possamos louvar-vos, amar-vos e render-vos graças no céu, por toda eternidade. Assim seja.

Nenhum comentário: