quarta-feira, 7 de setembro de 2011

07 de SETEMBRO - O DIA DA PÁTRIA

Bandeira do Brasil após a Independência
Hoje é conhecido no Brasil como o dia da Pátria ou dia da Independência de sua colonização portuguesa que prevaleceu durante mais de duzentos anos de exploração e submissão a Portugal. Fomos colonizados pelos portugueses que nos deram de herança a sua língua, cultura e religião. Ao chegar em nossas terras o Brasil foi chamado de Terra de Santa Cruz e estávamos na oitava de Páscoa de 1500 no dia 22 de Abril. Passado os anos começou a exploração das riquezas de nossas terras pelos portugueses que a princípio resistiram devido ao grande trabalho que seria obrigado a fazer e ao seu interesse particular pelo comércio com o Oriente. Ainda no século XVI começa a escravidão dos Africanos, que já era praticada pelos próprios africanos em sua terra de origem, alimentada pelas guerras tribais e assim membros de outras tribos eram presos para serem feitos de escravos. Assim a cultura começou a se desenvolver no Nordeste Brasileiro com o cultivo da Cana-de-açúcar e das drogas do Sertão. Depois as atenções foram voltadas para o Sudeste com a descoberta de Ouro nas Minas Gerais. Por fim a Coroa portuguesa desembarca no Brasil em 1808 fugindo do imperialismo e do terror de Napoleão Bonaparte o que mudaria para sempre os rumos da colônia Brasil.

 A Independência do Brasil foi um ato de gênio de Dom João ao deixar seu filho no Brasil visto que as demais colônias estavam se libertando do imperialismo Espanhol e se tornando uma República, diferente do velho mundo onde regia ainda a tradicional monarquia. Dom Pedro teve a missão de proclamar o Brasil um País independente de Portugal e continuar a governar o Brasil em uma monarquia com o sangue da Família real. Em 07 de Setembro de 1822 Dom Pedro proclama a separação definitiva do Brasil com Portugal, enfrentando resistências externas e internas e fazendo do Brasil de uma colônia para um Império.

Prática de Ocultismo
Neste mesmo período podemos ressaltar que a maior de todas as heranças dos portugueses deixada no Brasil foi a Fé Católica. Praticamente 99% da população se declarava católica, apesar de que hoje sabemos que muitos o assim faziam por medo de represálias. Os cultos dos ídolos pagão dos africanos em continuaram mesmo após serem batizados e serem obrigados a assistir a missa aos domingos. Muitas das figuras do Cristianismo foram usadas de alegorias mascarando seu culto secreto que perdurou até os dias de hoje. Jesus Cristo era visto como Oxalá (apesar de ser uma palavra de origem hebraica) era a mais importante das divindades africanas, a Virgem Maria foi com seus inúmeros títulos conhecida pela divindade Iemanjar, São Jorge, tão popular entre os portugueses, era conhecido na Bahia como o deus Oxóssi e no Rio de Janeiro, onde também haviam muitos negros este era conhecido como o deus Ogum e na Bahia de Todos os Santos a santa Bárbara foi honrada pelos negros com o nome da deusa Iansã.

Os portugueses eram muito tolerantes com os africanos, bem diferente dos colonizadores norte-americanos, mas tinham suas punições em relação aos comportamentos e aos cultos pagãos. Não adiantou muito e o culto dos africanos continuou a noite nas escondidas. Por tanto nos dias de hoje quando vemos um local de ritos Africanos em que se usam imagens de Cristo e dos Santos devemos perceber nitidamente o sincretismo que é uma herança da época da escravidão. Sabemos que os adoradores de ídolos africanos usavam as imagens por medo de represálias, mas nos questionamos o motivo pelo qual nos dias de hoje o verdadeiro sentido e o motivo do uso dos símbolos católicos na Umbanda? Medo de assumir por completo seu culto pagão? Será que é para atrair católicos "ingénuos" as práticas não condizentes com a única religião Cristã? A resposta destas pergunta é simples, a ignorância é a fonte dos males e a cobiça a desculpa para os erros.

Católicos não devem cultuar divindades africanas, não devem acreditar em horóscopo, não devem cultuar o Sol ou Estrelas, nem divindades de outros países como o hinduísmo entre outros sob a pena máxima da excomunhão. Existem regras básica no Livro do Deuteronômio:

(Deuteronômio 18,10)
Não se ache no meio de ti quem faça passar pelo fogo seu filho ou sua filha, nem quem se dê à adivinhação, à astrologia, aos agouros, ao feiticismo,

E vemos de forma clara quando o Legislador Supremo diz:

(Êxodo 20,3)
Não terás outros deuses diante de minha face.

Aqui fica claro que os que praticam feitiçaria, e tem deuses estranhos sendo cultuados, está cometendo uma ofensa grave a Deus. Isso inclui todas as práticas religiosas não católicas, como o espiritismo, a bruxaria, adivinhação (também presente em seitas protestantes com um véu de "revelação") e Idolatria (culto de falsos deuses)
Estátua de Martinho Lutero... Cadê a Proibição de Imagens?

Os protestantes como o próprio nome diz usam tais argumentos de forma caluniosa contra a Igreja Católica. Usam um dos pecados mais devastadores: a mentira:

(Êxodo 20,16)
Não levantarás falso testemunho contra teu próximo.

(Êxodo 23,1)
“Não levantarás um boato falso; não darás tua mão ao perverso para levantar um falso testemunho.

As mesmas proibições que Deus sempre fez contra os falsos pastores que semeiam a ruína e a destruição.

(Isaías 44,25)
Confundo os sinais dos falsos profetas, faço delirar os adivinhos, faço voltar atrás os sábios, e transformo sua sabedoria em loucura.

(Zacarias 13,2)
Naquele dia - oráculo do Senhor, - exterminarei da terra até os nomes dos ídolos: não se falará mais deles; expulsarei os falsos profetas e todo espírito impuro.

(São Mateus 7,15)
Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos arrebatadores.

(São Mateus 24,11)
Levantar-se-ão muitos falsos profetas e seduzirão a muitos.

(São Mateus 24,24)
Porque se levantarão falsos cristos e falsos profetas, que farão milagres a ponto de seduzir, se isto fosse possível, até mesmo os escolhidos.

(II São Pedro 2,1)
Assim como houve entre o povo falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos doutores que introduzirão disfarçadamente seitas perniciosas. Eles, renegando assim o Senhor que os resgatou, atrairão sobre si uma ruína repentina.

Os católicos também não devem frequentar cultos protestantes, mesmo com alegação de serem tolerante, pois os mesmo alimentam um terrível ódio a Igreja de Cristo. Todo o que cai e segue a Heresia a Sagrada Escritura é clara:

(Gálatas 1,8)
Mas, ainda que alguém - nós ou um anjo baixado do céu - vos anunciasse um evangelho diferente do que vos temos anunciado, que ele seja anátema (Excomungado).

Quanto aos ateus e os agnósticos (ou sem religião) estão em pecado mortal  assim levados pelo pecado da Soberba pois, não reconhecem a grandiosidade e a autoridade de Deus, Muitos dão desculpas de que não vão a Igreja por causa dos pecadores, porém esquecem dos grandes santos que viveram nesta terra ou simplesmente ignoram pela vaidade, orgulho e por sua avareza. Não reconhecer a autoridade de Deus e de sua Igreja também constitui em pecado grave. Muitos não o vão pois, não querem compromisso com os preceitos da sagrada religião. A presunção nestes é tão grande que transformam a si próprio e seus vícios em seu deus o que constitui uma idolatria do homem (Antropocentrismo). Para estes citamos os textos sagrados:

Esses tais não servem a Cristo nosso Senhor, mas ao próprio ventre. E com palavras adocicadas e linguagem lisonjeira enganam os corações simples. (Romanos 16,18)

cujo destino é a perdição, cujo deus é o ventre, para quem a própria ignomínia é causa de envaidecimento, e só têm prazer no que é terreno. (Filipenses 3,19)

O pior é que muitos dos que praticam tais crimes contra a fé católica são os mesmos se apresentam para receber a sagrada comunhão das espécies do corpo e sangue de Cristo. São Paulo nos alertou contra isso:

(I Coríntios 11,29)
Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação.

(Gálatas 1,9)
Repito aqui o que acabamos de dizer: se alguém pregar doutrina diferente da que recebestes, seja ele excomungado!

Nossa fé é baseada não em sentimentos ou em superstições, ou mitologias, mas sim em um Deus que se revelou em seu Filho amado nascido de uma Virgem para que pudéssemos alcançar a plena felicidade e tendo seu seu ápice após a morte. "É também para nós, pois a nossa fé deve ser-nos imputada igualmente, porque cremos naquele que dos mortos ressuscitou Jesus, nosso Senhor, (Romanos 4,24)"

Hoje dia da Pátria devemos fazer uma profunda reflexão sobre nossos valores. A prostituição e a pornografia no Brasil é exaltada como se fosse profissão ou até mesmo como um meio de vida louvável e indo mais além como uma "virtude". Um Jogador de futebol tem mais valor que um sacerdote Católico, mulheres com corpos deformados são exaltadas como símbolo de erotismo e sensualidade, a castidade é ridicularizada e os que seguem são intimidados de retrógados e ultrapassados, quem rouba mais neste país, sendo por tanto um ser desonesto, é tido como "o esperto", e etc. Uma copa do mundo parece ter mais importância que o próprio dia da Pátria, pois todos nestes dias se vestem com as cores da bandeira, mas no dia 07 de Setembro, não vemos os mesmo espírito nos brasileiros. As drogas estão destruindo lares e almas e mesmo assim o Supremo Tribunal Federal autoriza a Marcha da Maconha como um movimento de liberdade de expressão, aliás em breve teremos a marcha dos pedófilos que já se organizam pelo mundo para a legalização desta abominação. Será que STJ também vai acolher este movimento em nome da liberdade de expressão?
Hoje Vemos um Brasil, mesmo Cristão e cada vez mais herético, e também mais pagão e que a cada dia mais vemos os seus membros virarem suas costas para Deus e seus preceitos. Vamos pedir que a Padroeira e Mãe do Brasil a Senhora Aparecida, que rogue a Deus único e Senhor de nossas vidas para que assim nossa pátria não afunde cada dia mais nos erros de filosofias socialistas, capitalistas, heréticas e de cunho neopagão. Estamos no auge do capitalismo que gera a busca dos prazeres terrenos a qualquer preço, desde a corrupção, varrendo uma lista incansável de vícios e pecados como o da prostituição que para alguns é motivo de "Orgulho". Temos a ameaça do socialismo disfarçado de reforma social mas que buscam criar ditadores em prol de uma aristocracia política que negam valores cristãos, como a família, a pátria e a fé (Como tentou o governo do ex-presidente Lula a abolir os símbolos religiosos). Que Deus onipotente mande seus santos anjos para expulsar os demônios que semeiam o joio em grande quantidade em nossa pátria. Caso não haja uma conversão sincera em nosso País afundando para um anti-catolicismo cada vez mais agressivo veremos se cumprir as palavras do Santo Apóstolo Paulo:

A ira de Deus se manifesta do alto do céu contra toda a impiedade e perversidade dos homens, que pela injustiça aprisionam a verdade. (Romanos 1,18)

Equipe do Blog.

Nenhum comentário: